quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Que venha o que virá

Antenas parabólicas, fibras ópticas e motores com muitos cavalos
Me falam sobre mobilidade
Nesses tempos de banda larga...

Uma vida cada dia mais veloz
Me faz crer que o que está por vir
Virá mais rápido,
Então que venha portas abertas, sábados, muros caídos
Que as pessoas saiam do fim de seus poços
E limpem suas casas

Que o céu venha sempre aberto
O sol sempre aceso

Que as coisas do céu cheguem ao nosso riso
O azul do céu pinte nossa aura
O branco das nuvens polua nossos dentes...

Que venha para nós as coisas do mar
Que venha a maresia da paz
Os sargaços da união
As redes da fraternidade
As navegações da liberdade
Os faróis de luz
As cartas náuticas salubres de amor...

Que venha nas ondas do ciberespaço
As coisas do amor
Que venham infinitos bites falando de tolerância
Que venham abraços e beijos
Que cheguem HDs + HDs repletos de reflexões
Sobre ações insanas
Para que ações insanas sejas combatidas...
pois a cada dia as crianças iniciam-se mais cedo!

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Arquivo do blog

Instagram

Instagram

Seguidores