sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Eu era!

Eu era o resto do tudo que eu tentava ser sem conseguir.
Eu não sabia ficar nem fugir.
Fui indeciso, confuso, iludido, sonhador.

Eu era o arrependimento do tempo que passou e foi perdido em sonhos não realizados. O meu "eu" idealizado era diferente do "eu" real. 

Eu era cansado, conformado com uma felicidade que nunca vinha... Agora, quando chega a Esperança, junto as forças e acredito que é a minha vez

 E do caminho que me resta, faço uma oração e a rezo cantando, olho para o final de tudo sorrindo e vejo o intenso brilho do por do sol.








sábado, 24 de novembro de 2012

Skank + O Rappa












"...Ooooo my brother
Ooooo my brother..."



















"...Mar de gente onde
Eu mergulho sem receio
Mar de gente onde
Eu me sinto por inteiro..."