domingo, 14 de fevereiro de 2010

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PÔR DO SOL



Quando o fogo do fim da tarde toma conta do céu
alguma coisa na alma arrefece
mas o calor das loucuras do homem continua
permanece noite adentro...
A noite foi feita para o sonho, não para o pesadelo...

Distante incêndio sem fumaça
brasa boa e suave
incêndio brando e breve
incêndio lene e leve
diário pôr-do-sol
leve em minha alma
lave-me
leve-me.

*