sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Sêneca



"Despreza tudo o que um trabalho supérfluo estabelece como enfeite e requinte; pensa que nada é extraordinário a não ser a alma e que, para uma alma grande, nada é grande."
Sêneca | Aprendendo a Viver