quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

SONHOS


Enquanto eu sonhava a vida passou
como quem se distrai e perde o ônibus
e fiquei só no ponto, lamentando ter me distraído.
hoje lamento ter sonhado,
pois a vida é real
e os sonhos... são só fumaça.
sonhos apagam-se, desfazem-se com qualquer abrir de olhos.
agora de olhos abertos, vejo que já vai longe o ônibus da vida
e vai sem mim...
fico pé ante pé, sem saber se corro atrás na certeza de não o alcançar
ou se fico vendo a vida ir-se, para cada vez mais longe...
 
*