terça-feira, 11 de novembro de 2008

Príamo Fugindo de Tróia


Alguma coisa se perdeu em mim
Ao mesmo tempo que outras coisas me cercaram
Me Invadiram e tomaram,
Pungindo com dor tão cortante
Que gritos alarmantes ecoaram sem fim.

Alguma coisa se perdeu em mim
E outras coisas me cercaram,...
me venceram
E me arrastaram
Como Aquiles arrastou Heitor da planície do desengano
À praia da desilusão...
Algo se perdeu em mim...
Alguma força feneceu
Algum sonho acordou
Alguma estrela se apagou
Algum rio secou... ou morreu...
.