sábado, 1 de novembro de 2008

Morfeu




Ontem, quando deitei para dormir
Encontrei no céu o brilho infrene das estrelas
Que brincavam no vazio da janela
E acabei sonhando acordado
Os sonhos que sonhei sonhar dormindo...

Se de alguma forma não dormi
(Ou se dormi de qualquer forma)
Só agora é que percebo
O quanto é monótona a vida real,
Pois quando de manhã uma voz me chamou
E saltei da cama largando os sonhos no mundo de lá
Percebi que era o fim,
Pois a voz não era sua
E o sol já alto
Havia apagado as estrelas
Que fizeram o sonho começar...


Boa Noite
...

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Arquivo do blog

Instagram

Instagram

Seguidores